Cópia autenticada: saiba como solicitar a cópia do documento

Quem já precisou realizar algum procedimento mais burocrático, certamente já teve que fazer uma cópia autenticada de algum documento no cartório.

Esse tipo de situação é bastante comum e serve para comprovar a veracidade de determinado documento.

Mas afinal, o que é uma cópia autenticada?

De forma resumida, podemos afirmar que uma cópia autenticada nada mais é do que uma reprodução idêntica da versão original de uma certidão ou documento de identidade, por exemplo.

Muitas pessoas optam por tirar uma segunda via de uma Certidão de Nascimento ou de Casamento e, em seguida, fazem uma cópia autenticada para deixar guardada. 

Também é comum usar esse tipo de reprodução para contratos de aluguel, financiamentos, empréstimos, compra e venda de imóvel etc.

Como é o passo a passo para tirar uma cópia autenticada?

Para fazer uma cópia autenticada, basta ir pessoalmente ao cartório portando o documento original e fazer a solicitação.

Caberá ao tabelião conferir se a cópia apresentada é idêntica à versão original. Depois de verificar todos os detalhes, será colocado um selo de autenticidade na cópia, com carimbo e assinatura do conferente. 

Vale ressaltar que não é possível realizar uma cópia autenticada a partir de uma outra cópia, mesmo que ela seja autenticada. Por isso, sempre é necessário a apresentação dos documentos originais.

Outro ponto importante é que o carimbo de autenticidade deve sempre estar na frente da folha e, caso haja a necessidade de especificações ou anotações, elas deverão ser feitas no verso.

Além disso, é preciso que o documento autenticado contenha o carimbo do cartório, as informações do tabelião e do escrevente responsável para garantir seu valor legal.

Por que é importante autenticar cópias de documentos?

Como já explicamos anteriormente, as cópias autenticadas são muito comuns para quem deseja duplicar seus documentos, especialmente as segundas vias ou as certidões atualizadas.  

Isso porque a cópia autenticada tem o mesmo valor da certidão original e pode ser usada em caso de perda ou roubo de documentos, por exemplo. 

Ou seja, o cidadão também pode manter o documento original guardado e andar apenas com as cópias, o que garante muito mais segurança e custo-benefício.

Nesse sentido, as cópias autenticadas podem servir para:

  • Aquisição de imóveis
  • Viagens com crianças e adolescentes
  • Abertura de contas bancárias 
  • Abertura de empresas
  • Financiamentos
  • Contratos diversos

Quanto custa uma cópia autenticada?

Os valores para autenticar cópia em cartório não são fixos. Isso varia de acordo com cada estado. No entanto, é comum que a média de preço cobrada por uma autenticação seja entre R$ 5 a R$ 10 por folha, no máximo.

Em quais situações a autenticação não é válida?

Cada cartório tem autonomia para decidir se determinado documento e sua cópia podem ser autenticados. Geralmente, as restrições envolvem os seguintes casos: 

  • Documentos originais rasurados, rasgados e com a integridade comprometida.
  • Documentos adulterados ou com uso de corretivo, mostrando alteração.
  • Documentos escritos a lápis.
  • Documentos com espações em branco.
  • Documentos ou cópias com letras ilegíveis.
  • Documentos carbonados
  • Documentos estrangeiros sem tradução juramentada.
  • Documentos emitidos por meios online sem o carimbo com a assinatura do órgão responsável.
  • Documentos/cópias que já possuam o selo de cópia autenticada do cartório.

Avalie esse post

Clique para Avaliar

Classificação Média 3 / 5. Contagem de Votos 2

Sem votos! Seja o primeiro!

Posts Relacionados

menu